RITUAIS DELL ARTE

Musical Cinderela

Era uma vez no Reino de Aurora uma casa muito velha junto à floresta.
Nela moravam Cinderela, a sua madrasta, Valquíria e a sua meia-irmã, Goreti. E claro, os amigos de Cinderela: Xandito, o rato mágico, e Sancho, o rato cozinheiro.
Lá longe, no Castelo, o Rei Julião convoca todas as donzelas do Reino para o Baile de Máscaras, pois este ano, pretende que o seu filho, o Príncipe Afonso, escolha uma donzela com quem casar. Valquíria pensa num plano para evitar que Cinderela vá ao baile. Mas os seus amiguinhos ajudam-na, fazendo uma magia com abóboras e palavras mágicas: conseguem sapatos, um vestido e um transporte para o Palácio.
Cinderela vai ao baile e dança com o príncipe mas ao soar das doze badalas, acaba por fugir, deixando cair um dos seus sapatos. Mais tarde vê-se pedida no bosque, pois não consegue encontrar o caminho de volta para casa.
O que reserva o futura a Cinderela?
E o que faz o capuchino vermelho nesta história?

Conteúdo indisponível
Por favor, aceite as cookies clicando em "Aceito".

Ficha Artística e Técnica


Direção Artística e Texto Original de: Miguel Ruivo Duarte Direção Musical: Josina Filipe Encenação: Tiago da Cruz Figurinos: Anita Sonoplastia: Luís  Fernandes Comunicação e Média: Sandra Godinho Booking: Liliana Duarte Elenco: Liliana Filipa, João Pedro Silva, Bruno Batista, Liliana Duarte, Inês Morais, Sara Baptista, Sara Coelho e Fábio Leitão.

| 12 fevereiro 2017
| 16h00
| 70m

Género Artístico - Infância, Musical
Público-Alvo: Geral
Faixa Etária: M3

Fotografia ©Rituais Dell Arte

Alice no País das Maravilhas

| 1 junho 2017
| 09h45, 11h00, 13h30, 15h00
| 55m

Género Artístico - Infância, Teatro
Público-Alvo: Geral
Faixa Etária: M3

Fotografia ©Rituais Dell Arte

O coração da floresta desapareceu e esta está em vias de ser derrubada, a Rainha de Copas proibiu o riso e o Tenente de Espadas certifica-se de que a lei é cumprida por todo o lado.
Cabe a Alice, à sua Avó, e aos seus amigos Van Gogui, Sir William, Coelho Branco e Lagarta Tixa desvendar um mistério, devolver o riso ao País das Maravilhas e salvar a floresta.

Uma peça divertida para miúdos e graúdos em que a curiosidade de uma criança e a experiência de sua avó, idosa mas viçosa, levam-nas enfrentar as consequências deste conflito ensinando, com muita música e brincadeira, valiosas lições sobre a amizade, a felicidade, a convivência e o trabalho em equipa.

Conteúdo indisponível
Por favor, aceite as cookies clicando em "Aceito".

Ficha Artística e Técnica


Direção Artística, Autor do Texto: Miguel Ruivo Duarte Encenação: Tiago da Cruz Direcção Musical: Josina Filipe Média e Promoção: Sandra Godinho Sonoplastia: Luís Nunes Produção e Booking: Liliana Duarte Elenco Artístico: Rita Santana, Sara Batista, João Pedro, Zita Milene, Marta Taborda, Marta Correia, Inês Morais, Ruben Santos, Ana Lapa, Cristina Miranda, Ana Freitas

A Branca de Neve

Branca de Neve é uma menina alegre e bondosa. Num dos seus passeios pela floresta, onde gosta de apanhar frutas, Branca de Neve conhece 4 anões: o Anão Comilão, o Anão Zangado, Anão Trapalhão e o Anão Feliz, que serão os seus grandes amigos.

A Rainha Antonieta, madrasta da Branca de Neve, não tem com quem falar, portanto só lhe resta o seu Espelho Linguarudo, que só consegue dizer a verdade.

“Espelho Linguarudo, espelho meu; há alguém mais bela do que eu?” A esta pergunta o Espelho respondeu “Há sim. É a Branca de Neve!”.
Furiosa, a Rainha pede ao Corcunda Raimundo que faça desaparecer para sempre a Branca de Neve.

Algum tempo depois, quando descobre que Branca continua viva, a Rainha disfarça-se de Velha e vai atrás da jovem donzela com uma maçã, uma laranja e uma banana envenenadas, que fazem com que Branca caia num sono profundo até o dia em que...

Será que os Anões vão conseguir salvar a Branca de Neve?

O que vai acontecer ao Raimundo? Será a Rainha Antonieta capaz de o mandar prender na Torre Alta?

E o Príncipe Rafael? Vai chegar a tempo?

Mergulhem nesta aventura e explorem a Floresta das Árvores das Letras!

Conteúdo indisponível
Por favor, aceite as cookies clicando em "Aceito".

Ficha Artística e Técnica


Direção Artística, Autor do Texto: Miguel Ruivo Duarte Encenação: Tiago da Cruz Direcção Musical: Josina Filipe Média e Promoção: Sandra Godinho Sonoplastia: Luís Nunes Produção e Booking: Liliana Duarte Elenco Artístico: Ana Lapa, Rosária Rocha, Mariana Santos, Sérgio Souza, Gonçalo Babo, Marta Correia, João Pedro Silva, Adriana Sá Couto, Inês Faria, Cristina Miranda, Ruben Santos

| 21 janeiro 2018
| 16h00
| 50m

Género Artístico - Infância, Teatro
Público-Alvo: Geral
Faixa Etária: M4

Fotografia ©Rituais Dell Arte

Alfama: Uma História de Fado

| 27 março 2018
| 15h00
| 75m

Género Artístico - Multidisciplinar
Público-Alvo: Geral
Faixa Etária: M4

Fotografia ©Rituais Dell Arte

Alfredo (dono da tasca de fado) e Maria da Graça (empregada de mesa da tasca de fado) dão-nos a conhecer um espetáculo musical (cantado e tocado ao vivo) onde o Fado se apresenta através de várias formas de arte (teatro e música).
Fadistas, autores e compositores (muito ou pouco conhecidos) são identificados. A história do Fado faz-se com eles e com as obras sonoras que nos deixaram.
Agora que este género musical é, perante a Unesco, Património Imaterial da Humanidade, torna-se primordial não nos esquecermos de quem trouxe este mérito até nós.

Conteúdo indisponível
Por favor, aceite as cookies clicando em "Aceito".

Ficha Artística e Técnica


Ator: Pedro Martinho; Atriz: Liliana Pereira; Fadista: Sara Minh’Alma; Guitarra Portuguesa: Eduardo; Viola: Norberto; Bailarina: Sara Coelho

A Bela Adormecida

"Era uma Vez..."Não, não vamos começar esta história com "Era uma Vez..."
A Pipoca é uma criança muito exigente e por isso pede ao pai que lhe conte uma história original!
Pedro, o pai, decide contar-lhe a história da Bela Adormecida, "mas atenção Pipoca, o Pinóquio entra nesta história!
Aconteceu há muito tempo.
Lá atrás, nas histórias mais antigas, existia um Reino chamado Ocarina.
Chega o dia em que o Rei Adolfo decide batizar a sua filha, a princesa Juliana, Bela Adormecida.
O Rei convida duas fadas irmãs, a Fada Angélica e a Fada Abigail, que teriam de oferecer à princesa 12 profecias, atributos que a preparassem para a idade adulta.
Tudo corre bem até a fada Abigail dizer a sua última profecia: "Quando a princesa Juliana se picar numa rosa branca irá morrer, desaparecer para sempre, sua contentezinha e alegrinha!"
O Rei desesperado pede ajuda à Fada Angélica, que apesar de não conseguir anular a profecia da sua irmã, consegue alterá-la, para que em vez de morrer a princesa fique a dormir durante 100 anos. Ao fim desse tempo, e para que a princesa possa acordar, alguém terá que lhe dar um beijo de amor puro e desinteressado.
Apesar do esforço do seu guardião, o Coelho Cartolas, a princesa Juliana acaba por se picar numa rosa branca e fica a dormir durante 100 anos".
Quem irá salvar a princesa Juliana?
E o que faz o Pinóquio nesta história?

Conteúdo indisponível
Por favor, aceite as cookies clicando em "Aceito".

Ficha Artística e Técnica


Direção Artística, Autor do Texto: Miguel Ruivo Duarte Encenação: Tiago da Cruz Direcção Musical: Josina Filipe Média e Promoção: Sandra Godinho Sonoplastia: Luís Nunes Produção e Booking: Liliana Duarte Elenco Artístico: Bruno Batista, Pedro Martinho, Liliana Duarte, Samanta Franco, João Pedro Silva, Mariana Santos, Zita Milene, Fábio Leitão, David Cipriano, Alexandra Pato

| 1 junho 2018
| 9h30, 11h00, 13h30, 15h00
| 55m

Género Artístico - Infância, Teatro
Público-Alvo: Escolas
Faixa Etária: M4

Fotografia ©Rituais Dell Arte

Os Dias da Rádio

| 13 de Março 2019
| 15h00
| 60m

Género Artístico - Teatro
Público-Alvo: Infantil, Escolar, Familiar
Faixa Etária: Maiores 6 Anos

Fotografia ©CineTeatro SMA

| 13 março 2019
| 15h00
| 60m

Género Artístico - Infância, Teatro
Público-Alvo: Escolas
Faixa Etária: M6

Fotografia ©Rituais Dell Arte

Os “Dias da Rádio” aborda a importância da rádio na década de 30, 40, 50 e 60 em Portugal e no Mundo. O elenco irá retratar “Aguenta Coração” um programa fictício da Antiga Emissora Nacional, vários episódios da Rádio-Novela, “Eu Dou-te o Arroz” e um Concurso de Música “Os Reis da Canção da Rádio”. Raul Solnado, terá especial homenagem. Temas de Júlia Babo, Francisco José, Tristão da Silva, Irmãs Meireles, Tony de Matos, Madalena Iglésias e muitos mais serão lembrados.

Conteúdo indisponível
Por favor, aceite as cookies clicando em "Aceito".

Ficha Artística e Técnica


Direção Artística e Autor do Texto: Miguel Ruivo Duarte Elenco: Luís Sanganha, Liliana Pereira, Ana Lapa e João Pedro Silva Criação de: Companhia Rituais dell Arte

Peter Pan - O Segredo da Ilha dos Três Olhos

Esta é uma história de aventura, personagens maravilhosas e viagens pelo sete mares!
Os manos Xande e Babuxa estão em risco de ser entregues para adopção e separados, se os pais não regressarem após 2 anos de ausência a trabalhar na Índia.
Muito tristes e já sem esperança, Xande e Babuxa conhecem Peter Pan e a Fada Sininho, que os irão ajudar a livrar-se da terrível Governanta Samantha, a sua ama, e descobrir uma forma de trazer os seus pais de volta.
É então que descobrem que existe uma ilha na Polinésia, perto da Ilha de Páscoa, a misteriosa Ilha dos 3 Olhos, que tem um segredo que os pode ajudar.
Os manos, Peter Pan e Sininho deixam o quarto e partem numa grande aventura por mares e céus até essa ilha onde encontrarão o temível Capitão Gancho e o seu bando: o Esqueleto Constipado e a Piriquita Mariachi.
Que segredos esconde a misteriosa ilha?
Conseguiram os manos voltar a casa são é salvos?
E a missão de trazer os pais de volta, será concretizada?
Uma verdadeira aventura, a não perder!

Conteúdo indisponível
Por favor, aceite as cookies clicando em "Aceito".

Ficha Artística e Técnica


Texto Original: Miguel Ruivo Duarte Letras Originais: Liliana Pereira e Miguel Ruivo Duarte Direcção Musical: Josina Filipe Coreografa: Ana Sofia Mota Cenografia: Inês Gosa e Tatyana Figurinos: Inês Gosa Design: Tatyana Produção: Companhia Rituais dell Arte Elenco: Ana Lapa, Felipa Banazol, Luís Sanganha, Liliana Pereira e Cláudio Louro

| 15 dezembro 2019
| 16h00
| 60m

Género Artístico - Infância, Teatro
Público-Alvo: Infantil, Escolar, Familiar
Faixa Etária: M6

Fotografia ©Rituais Dell Arte

A Pequena Sereia - Na Véspera de Natal

| 16 dezembro 2020
| 16h00
| 60m

Género Artístico - Infância, Teatro
Público-Alvo: Infantil, Escolar, Familiar
Faixa Etária: M3

Fotografia ©Rituais Dell Arte

Ariel é uma pequena sereia que vive no mar das Bermudas com o seu pai, o Rei Tritão Dom Adolfo. O seu grande sonho é ser humana, ter pés e poder dançar. Chega finalmente o grande dia, Ariel faz anos e o seu pai dá uma grande festa. Entretanto acontece uma violenta tempestade. Ariel e o seu amigo, o Bacalhau Capitão Gomes de Sá, saem a correr pois sabem que sempre que acontece uma grande tempestade alguém precisa de ajuda. Encontram um humano que naufragou, que ficou cego e está preso pelo tubarão martelo. O humano naufragado é o príncipe da Ilha de Galápagos. Ariel quer ajudá-lo, mas Úrsula que o mantém prisioneiro, exige a voz de Ariel em troca da liberdade do humano. Ariel aceita… O natal aproxima-se, quando a Ariel é pescada pelo Pescador da Ilha de Galápagos e é levada para o Mercado de peixes. Para além da vontade de se libertar na qual conta com a ajuda dos seus amigos, Ariel quer recuperar a voz e casar com o príncipe e voltar para as Bermudas para passar a noite com o seu Pai o Rei Tritão e viver muitas aventuras...

Ficha Artística e Técnica


Texto, Conceção e Encenação: Miguel Ruivo Duarte; Direção Musical: Josina Filipe; Coreografias: Lucila Pereira; Produção e Booking: Liliana Pereira; Figurinos: Marina Mansura; Elenco: Carlos Coelho, Diogo Melo, Pedro Portela, Marta Correia, Clarisse Ricardo, Maria Leonor, Sara Martins, Diogo Tomaz, Ana Lapa, Felipa Banazol e Sofia Guedelha.

Este site utiliza cookies para lhe oferecer a melhor experiência possível de navegação.
Para navegar no site é necessário aceitar as cookies.
Política de privacidade

Política de privacidade

Leia por favor esta Política de Privacidade com atenção, pois no acesso a este site, a disponibilização dos seus dados pessoais implica o conhecimento e aceitação das condições aqui constantes.

Quem é o responsável pela recolha e tratamento dos dados?
A Câmara Municipal de Sobral de Monte Agraço é a entidade responsável pela recolha e tratamento dos dados pessoais, podendo, no âmbito da sua atividade, recorrer a entidades por si subcontratadas para a prossecução das finalidades aqui indicadas.

O que são dados pessoais?
Dados pessoais são qualquer informação, de qualquer natureza e independentemente do respetivo suporte, incluindo som e imagem, relativa a uma pessoa singular identificada ou identificável. É considerada identificável a pessoa que possa ser identificada direta ou indiretamente, designadamente por referência a um número de identificação ou a um ou mais elementos específicos da sua identidade física, fisiológica, psíquica, económica, cultural ou social.

Que dados pessoais são recolhidos e tratados?
A Câmara Municipal de Sobral de Monte Agraço procede à recolha e ao tratamento, entre outros, dos seguintes dados pessoais: nome, número de telefone e endereço de correio eletrónico. A Câmara Municipal de Sobral de Monte Agraço assume que os dados foram fornecidos pelo titular dos mesmos ou que este deu autorização para o efeito e presume que os mesmos são verdadeiros e se encontram atualizados.

De que forma são recolhidos os seus dados?
Os dados pessoais podem ser recolhidos através dos seguintes meios:
Os dados recolhidos são processados e armazenados informaticamente e no estrito cumprimento da legislação de proteção de dados pessoais sendo armazenados em base de dados específicas, criadas para o efeito, pela Câmara Municipal de Sobral de Monte Agraço ou pelas entidades por esta subcontratadas.
Alguns dados pessoais recolhidos no website são de preenchimento obrigatório e, em caso de falta ou insuficiência desses dados, a Câmara Municipal de Sobral de Monte Agraço poderá não conseguir prestar-lhe os serviços ou as informações por si solicitadas. Em cada caso concreto, a Câmara Municipal de Sobral de Monte Agraço informá-lo-á da natureza obrigatória do fornecimento dos dados pessoais em causa.
Para a prossecução das finalidades acima identificadas a Câmara Municipal de Sobral de Monte Agraço poderá proceder à interconexão dos dados recolhidos, com o propósito de atualizar e completar tais dados.

TRANSFERÊNCIA DE DADOS:
A Câmara Municipal de Sobral de Monte Agraço não tranfere os seus dados.
Em momento algum vendemos os seus dados!

PERÍODO DE CONSERVAÇÃO DOS DADOS:
Salvo indicação em contrário ou por motivos legais, os dados recolhidos apenas são conservados pelo período estritamente necessário à prossecução das finalidades do tratamento, garantindo-se o seu apagamento logo que cessada a finalidade.

OS DIREITOS QUE LHE ASSISTEM:

Em que consiste o direito de acesso?
O direito de acesso permite-lhe saber se os seus dados estão ou não a ser tratados e em caso afirmativo, prestar-lhe informações como, por exemplo, os fins de tratamento, as categorias dos dados que são tratados, os destinatários aos quais foram ou serão comunicados, o prazo previsto da conservação dos dados pessoais ou, caso não seja possível, os critérios utilizados para determinar este prazo. A Câmara Municipal de Sobral de Monte Agraço compromete-se a prestar-lhe todas as informações relativas ao seu pedido no prazo de um mês, que poderá ser prolongado em função da complexidade do pedido. Nos casos em que os pedidos se revelem excessivos ou manifestamente infundados, a Câmara Municipal de Sobral de Monte Agraço reserva-se o direito de imputar custos administrativos para tratamento do seu pedido. Poderá exercer o seu direito através dos contactos da Câmara Municipal de Sobral de Monte Agraço.

E o direito à retificação?
O direito retificação dos seus dados pessoais caracteriza-se por solicitar a correção e/ou atualização dos seus dados quando se encontrem incorretos e/ou desatualizados. Poderá exercer o seu direito através dos contactos da Câmara Municipal de Sobral de Monte Agraço.

Em que consiste o direito à limitação do tratamento?
O direito à limitação do tratamento permite-lhe solicitar a restrição do tratamento dos seus dados pessoais. Neste caso o Responsável pelo Tratamento pode proceder ao armazenamento dos dados, mas não os pode utilizar. Este direito apenas pode ser exercido em determinadas situações, taxativamente elencadas no Regulamento Geral de Proteção de Dados, a saber:
Poderá exercer o seu direito através dos contactos da Câmara Municipal de Sobral de Monte Agraço.

Em que consiste o direito à portabilidade?
O direito à portabilidade permite-lhe solicitar à Câmara Municipal de Sobral de Monte Agraço que os seus dados pessoais sejam transferidos para si ou para outro responsável pelo tratamento. Este direito depende de três condições: Poderá exercer o seu direito através dos contactos da Câmara Municipal de Sobral de Monte Agraço..

Em que consiste o direito ao apagamento?
O direito ao apagamento, ou direito a ser esquecido, permite-lhe que, em determinadas situações, possa exigir que os seus dados sejam eliminados. Este não é um direito absoluto e apenas poderá ser exercido nos casos em que a conservação dos dados pessoais viole o regulamento, designadamente: O direito ao apagamento não poderá ter lugar nos casos em que esteja em causa o exercício do direito à liberdade de expressão e informação, bem como nos casos em que seja necessário para o cumprimento de uma obrigação legal, ou para fins de investigação científica ou histórica ou fins estatísticos e ainda para o exercício do direito de defesa e de formulação de reclamações junto das autoridades competentes.

Em que consiste o direito de oposição?
Poderá exercer o direito de oposição ao tratamento para fins de marketing, exceto nos casos em que entendamos que existem motivos legítimos imperativos para que o tratamento prevaleça sobre os seus interesses, direitos e liberdades. Poderá exercer este direito mediante a utilização da opção “remover”, referida em todas as nossas comunicações. Este direito pode igualmente ser exercido nos casos em que pretenda opor-se à criação de perfis – profiling. Poderá exercer o seu direito através dos contactos da Câmara Municipal de Sobral de Monte Agraço.

Em que consiste o direito a retirar o consentimento?
Nos casos em que tenha dado o seu consentimento para o tratamento de dados pela Câmara Municipal de Sobral de Monte Agraço, poderá, em qualquer momento, revogar o consentimento anteriormente dado. Não obstante a retirada do consentimento, todo e qualquer tratamento que tenha sido efetuado em momento anterior à revogação do consentimento considera-se lícito, produzindo a revogação apenas efeitos futuros. Poderá exercer o seu direito através dos contactos da Câmara Municipal de Sobral de Monte Agraço.

EXERCÍCIO DE DIREITOS
Todos os direitos enunciados poderão ser exercidos de forma gratuita para o e-mail rgpd@cm-sobral.pt. Informamos ainda que lhe assiste o direito de apresentar uma reclamação perante a autoridade de controlo competente, especialmente quando, junto do responsável pelo tratamento, não tenha obtido satisfação no exercício dos seus direitos.

CONFIDENCIALIDADE
A Câmara Municipal de Sobral de Monte Agraço garante que toda a informação que nos presta é considerada confidencial. A Câmara Municipal de Sobral de Monte Agraço não vende, distribui, ou procede a qualquer tipo de negócio com a informação e os dados pessoais que nos são por si disponibilizados.

Alterações à Política de Privacidade
A Câmara Municipal de Sobral de Monte Agraço reserva-se o direito de, a qualquer altura, proceder a reajustamentos ou alterações à presente Política de Privacidade, sendo essas alterações devidamente publicitadas neste site.



Política de cookies

A leitura desta política é importante, pois ao continuar a navegar no nosso website concorda com o uso de cookies no seu browser e dispositivos utilizados, exceto se os tiver desativado.

O que são cookies
Os cookies são pequenos ficheiros de texto com informação relevante que o seu dispositivo de acesso (computador, telemóvel/smartphone ou tablet) carrega, através do navegador de internet (browser), quando um site é visitado pelo utilizador. Saiba mais sobre cookies em: AllAboutCookies.org. Estes ficheiros permitem que durante um certo período de tempo o site se «lembre» das suas ações e preferências. Os cookies utilizados não recolhem informação que identifica o utilizador, recolhem informações genéricas, designadamente a forma como os utilizadores chegam e utilizam os sites ou a zona do país/países através do qual acedem ao site, etc. É por isso que quando percorre as páginas de um site ou regressa a um site que já visitou não tem, em princípio, de voltar a indicar as suas preferências ou introduzir repetidamente as mesmas informações.

Que tipo de cookies utilizamos
Cookies essenciais ou de sessão: Alguns cookies são essenciais para aceder a áreas específicas do nosso site. Estes são necessários para algumas áreas do site funcionarem, mas não são utilizados de forma alguma para o identificar pessoalmente. Os cookies de sessão são temporários e são automaticamente eliminados uma vez que saia do site. Estes cookies não podem ser desativados, pois são essenciais ao bom funcionamento do site.

Cookies de funcionalidade: Utilizamos estes cookies para nos permitir relembrar as preferências do utilizador. Por exemplo, os cookies evitam digitar o nome do utilizador cada vez que este acede ao site. Não são necessários para que o site funcione, mas podem melhorar a experiência do cliente. Não armazenamos quaisquer dados pessoais nestes cookies.

Cookies analíticos / desempenho: Utilizamos estes cookies para analisar a forma como os utilizadores usam o site e monitorizar a performance deste. Por exemplo, permitem-nos saber quais as páginas mais populares, qual o método de ligação entre páginas que é mais eficaz, ou determinar a razão de algumas páginas estarem a receber mensagens de erro. Estes cookies são utilizados apenas para efeitos de criação e análise estatística, sem nunca recolher informação de caráter pessoal.

Cookies que enviam informação para outras empresas: São cookies configurados no nosso website por uma empresa parceira (ex: Facebook ou anunciantes). Estas empresas podem utilizar os dados recolhidos destes cookies para anonimamente direcionar publicidade para si noutro website, tendo em conta a sua visita ao nosso website. Por exemplo, se usar uma ferramenta de uma rede social (ex: “Gosto” ou “Partilha” do Facebook) neste website, este cookie irá registar a utilização dessa ferramenta e a rede social (Facebook, neste caso) poderá recolher esta informação.

ATENÇÃO: Ao desabilitar cookies algumas funcionalidades poderão não estar disponíveis.

Como controlar as cookies
O utilizador pode, a qualquer momento e através do seu navegador de internet (browser), decidir ser notificado sobre a receção de cookies, bem como bloquear a respetiva entrada no seu sistema. Salienta-se, no entanto, que com a recusa de uso de cookies corre o risco de desativar determinados serviços e funcionalidades do site. Para mais informação para controlo e/ou apagar os cookies consultar a ajuda do seu browser ou AllAboutCookies.org

Fechar