TEATRO MARIONETAS PORTO

Cabaret Molotov

Em Cabaret Molotov, deambulam coristas apaixonadas, trapezistas, clowns absurdos, músicos de sete instrumentos, homens-coelho, homens-bala, ursos ciclistas, caniches cantores, dançarinos e bailarinas que dançam ao som de valsas, tangos, polkas, tarantelas e velhas canções de Kurt Weil.
Terá o Cabaret Molotov existido, ou tudo não passará de um lugar inventado por Vladimir, o Russo, para cenário do seu amor à trapezista Matrioska?

Conteúdo indisponível
Por favor, aceite as cookies clicando em "Aceito".

Ficha Artística e Técnica


Encenação e Cenografia: João Paulo Seara Cardoso Marionetas: Erika Takeda Figurinos: Pedro Ribeiro Coordenação Coreográfica: Isabel Barros Música: Gotan Project, Eric Satie, Kurt Weil, Robert Miny e Yann Tiersen Texto da Corista: Pablo Neruda Desenho de Luz: António Real e Rui Pedro Rodrigues Produção: Sofia Carvalho Interpretação: Edgard Fernandes, Sara Henriques, Sérgio Rolo e Shirley Resende [instrumentista] Operação de Luz e Som: Rui Pedro Rodrigues Assistente de Encenação: Pedro Ribeiro Assistente de Produção: Pedro Miguel Castro Técnicos de Construção: Inês Coutinho, Filipe Garcia e Pedro Pereira Construção de Estruturas: Américo Castanheira e Tudo-Faço Confeção de Figurinos: Cláudia Ribeiro `{`coordenação técnica`}`, Celeste Marinho `{`mestra-costureira`}`, La Salete Oliveira, Maria Glória Sousa Costa, Esperança Sousa, Ana Maria Fernandes, Rosa Pinto e Alice Assal `{`costureiras`}`, Catarina Barros `{`aderecista`}`, Patrícia Mota e Joana Caetano `{`assistentes`}` Penteados e Maquilhagem: Lea – b Cabeleireiros Professora Danças de Salão: Paula Basto Montagem de Luz: Rui Maia Design Gráfico: Daniel Marques Fotografia de Cena: Paulo Barata Apoio: Orquestra Nacional do Porto

| 15 de Novembro 2008
| 16h00
| 75m

Género Artístico - Teatro de Marionetas
Público-Alvo: Geral
Faixa Etária: Maiores 12 Anos

Conteúdo indisponível
Por favor, aceite as cookies clicando em "Aceito".

Polgarzinho

| 15 de Novembro 2008
| 16h00
| 75m

Género Artístico - Teatro de Marionetas
Público-Alvo: Geral
Faixa Etária: Maiores 12 Anos

Três vezes
Crescerá e minguará
A lua
E depois uma criança nascerá
A força do gigante
E a bravura do leão
Ela terá
E ainda que não seja
Maior do que o polegar
Dela se falará
Até ao fim dos tempos

Ficha Artística e Técnica


Encenação, Texto e Cenografia: João Paulo Seara Cardoso Marionetas, Figurinos e Ilustrações: Júlio Vanzeler Música: Roberto Neulichedl Desenho de Luz: Jorge Costa Produção: Sofia Carvalho Interpretação: Edgard Fernandes, Sara Henriques, Sérgio Rolo e Shirley Resende [pianista] Operação de Som e Luz: Rui Pedro Rodrigues Pintura de Marionetas: Emília Sousa Assistente de Produção: Paula Anabela Silva Técnicos de Construção: Vitor Silva `{`coordenação`}`, Filipe Garcia e Tânia Pinheiro `{`estagiária`}` Construção de Cenografia: Américo Castanheira, Tudo Faço Coordenação de Guarda-Roupa: Cláudia Ribeiro Assistente de Guarda-Roupa: Catarina Barros Mestre Costureira: Celeste Marinha Aderecista: Dora Pereira Apoio: Balleteatro Auditório Fotografia de Cena: Paulo Barata Apoio: Orquestra Nacional do Porto

Frágil

Uma coisa às vezes não é aquilo que ela é.
Às vezes as coisas gostam de ser outras coisas, por exemplo de serem como as pessoas. Gostam de se mexer, de rir, de gostar e de não gostar.
As pessoas/coisas e as coisas/pessoas servem para contar histórias.
No mundo Frágil, há histórias pequenas e grandes. As coisas querem ser levadas para lugares que não conhecem, e fazem pequenas e grandes viagens.
No mundo Frágil, há pessoas/coisas que procuram coisas/pessoas. Há segredos que não se desvendam, ou que ficam para desvendar, há um universo aberto e fechado. Há coisas que saem de dentro de outras coisas.
No mundo Frágil as regras não são o que são, são regras de imaginação!

Conteúdo indisponível
Por favor, aceite as cookies clicando em "Aceito".

Ficha Artística e Técnica


Encenação e cenografia: João Paulo Seara Cardoso e colectivo Marionetas e objetos cénicos: Rui Pedro Rodrigues Figurinos: Pedro Ribeiro Sonoplastia: Miguel Reis Coordenação de movimento: Isabel Barros Desenho de luz: Roy Peter Animação vídeo: Grifu Interpretação: Rui Queiróz de Matos, Sara Henriques e Sérgio Rolo Produção: Sofia Carvalho Operação técnica: Rui Pedro Rodrigues Assistente de produção: Shirley Resende Assistente de encenação: Isabel Barros Construção de cenografia, marionetas e objectos: Rui Pedro Rodrigues e Nuno Valdemar Guedes Confeção de figurinos: Carla Pereira Design gráfico: Pedro Ribeiro Gravação vídeo: Ângelo Peres/Widescreen Fotografia de cena: Susana Neves Co-produção: Teatro de Marionetas do Porto / Artemrede

| 17 de abril 2011
| 16h00
| 75m

Género Artístico - Teatro de Marionetas
Público-Alvo: Geral
Faixa Etária: Maiores 4 Anos

Fotografia ©Susana_Neves

Cinderela

| 17 de abril 2011
| 16h00
| 75m

Género Artístico - Teatro de Marionetas
Público-Alvo: Geral
Faixa Etária: Maiores 4 Anos

Fotografia ©Susana_Neves

Esta não é uma Cinderela tradicional. Há uma reescrita, um tanto ou quanto anacrónica, da história tradicional, a partir das versões de Perrault e Grimm. Personagens saídos de outros contos de fadas caem do céu para dificultar a vida a Cinderela. Há uma Bruxa-Má que detesta histórias com final feliz e um Lobo-Mau disfarçado de GNR a patrulhar as estradas da floresta. Os Sete Anões são chamados para salvar Cinderela de morte certa, na sua qualidade de especialistas em técnicas de salvamento de meninas envenenadas. A Fada-Madrinha é uma tia irascível e ajusta contas com a Bruxa-Má, num combate de wrestling. No final Cinderela casa mesmo com o príncipe e têm imensos filhinhos, para descanso de todos.

Conteúdo indisponível
Por favor, aceite as cookies clicando em "Aceito".

Ficha Artística e Técnica


Encenação, texto e cenografia: João Paulo Seara Cardoso Marionetas: a partir de desenhos de João Vaz de Carvalho Música: Paul Ferrer Figurinos: Pedro Ribeiro Coordenação de movimento: Isabel Barros Desenho de luz: António Real e Rui Pedro Rodrigues Produção: Sofia Carvalho Interpretação: Edgard Fernandes, Rui Queiroz de Matos e Shirley Resende Operação de luz: Cláudia Valente Assistentes de produção: Edgard Fernandes e Pedro Miguel Castro Oficina de construção: Rui Pedro Rodrigues (coordenação e modelação), Inês Coutinho (pintura), Nuno Valdemar Guedes e Filipe Garcia Construção cenográfica: Américo Castanheira, Tudo-Faço Design gráfico: Jorge Cerqueira Fotografia de cena: Susana Neves

Barba Azul

Ao contrário do trágico conto infantil, esta abordagem explora uma alternativa que se foca na complex a personalidade do Barba Azul. Nesta versão, onde se mis turam outras personagens do universo do autor Charles Perrault, Barba Azul env olve se numa trama carregada de acontecimentos cómicos e inesperados, que ainda assim refletem as vicissitudes do comportamento humano.

Conteúdo indisponível
Por favor, aceite as cookies clicando em "Aceito".

Ficha Artística e Técnica


Encenação e texto: Rui Queiroz de Matos Cenografia: Rui Queiroz de Matos e Filipe Azevedo Marionetas, ilustração e figurinos: Júlio Vanzeler Música: Pedro Cardoso Desenho de luz: Filipe Azevedo Vídeo: Ivo Reis Interpretação: Micaela Soares, Rui Queiroz de Matos e Vítor Gomes Produção: Sofia Carvalho Design gráfico e assistência de produção: Pedro Ramos Operação de luz, som e vídeo: Filipe Azevedo Técnicos de construção: Rosário Matos e Ana Pinto Confeção de figurinos: Carla Pereira Fotografia de cena: Susana Neves Fotografia e vídeo: Ricardo Soares Produção: Ana Pinto

| 6 de Novembro 2016
| 16h00
| 45m

Género Artístico - Teatro de Marionetas
Público-Alvo: Infantil, Escolar, Familiar
Faixa Etária: Maiores 6 Anos

Nunca

| 6 de Novembro 2016
| 16h00
| 45m

Género Artístico - Teatro de Marionetas
Público-Alvo: Infantil, Escolar, Familiar
Faixa Etária: Maiores 6 Anos

Mais de 100 anos passaram depois das muito conhecidas aventuras na Terra do Nunca. Peter Pan vai viver para Londres com Wendy. Casam, têm filhos e os anos passam… Neste possível presente, existe um rapaz adolescente a quem os seus pais deram o nome de “Nunca” e nunca iremos saber o porquê… Nunca, é descendente de Pan, mais precisamente seu bisneto. O seu destino é resgatar a Terra do Nunca daquela Era de trevas em que mergulhou logo após a partida de Peter. Desta vez o vilão é Capitão-Garfo, neto de Capitão-Gancho, que ocupou o seu lugar anos depois do seu avô ter sido devorado por um enorme crocodilo que raramente se atrasava. Poderá Nunca com a ajuda de alguns insólitos companheiros, trazer de volta o equilíbrio de toda a magia à Terra do Nunca?

Conteúdo indisponível
Por favor, aceite as cookies clicando em "Aceito".

Ficha Artística e Técnica


Encenação, texto e cenografia: Rui Queiroz de Matos Marionetas: Rosário Matos Desenho de luz: Filipe Azevedo Interpretação: Rui Queiroz de Matos Produção: Sofia Carvalho Design gráfico e assistência de produção: Pedro Ramos Assistente de encenação: Micaela Soares Operação de luz e som: Filipe Azevedo Oficina de construção: João Pedro Trindade e Rosário Matos Fotografia de cena: Susana Neves

Este site utiliza cookies para lhe oferecer a melhor experiência possível de navegação.
Para navegar no site é necessário aceitar as cookies.
Política de privacidade

Política de privacidade

Leia por favor esta Política de Privacidade com atenção, pois no acesso a este site, a disponibilização dos seus dados pessoais implica o conhecimento e aceitação das condições aqui constantes.

Quem é o responsável pela recolha e tratamento dos dados?
A Câmara Municipal de Sobral de Monte Agraço é a entidade responsável pela recolha e tratamento dos dados pessoais, podendo, no âmbito da sua atividade, recorrer a entidades por si subcontratadas para a prossecução das finalidades aqui indicadas.

O que são dados pessoais?
Dados pessoais são qualquer informação, de qualquer natureza e independentemente do respetivo suporte, incluindo som e imagem, relativa a uma pessoa singular identificada ou identificável. É considerada identificável a pessoa que possa ser identificada direta ou indiretamente, designadamente por referência a um número de identificação ou a um ou mais elementos específicos da sua identidade física, fisiológica, psíquica, económica, cultural ou social.

Que dados pessoais são recolhidos e tratados?
A Câmara Municipal de Sobral de Monte Agraço procede à recolha e ao tratamento, entre outros, dos seguintes dados pessoais: nome, número de telefone e endereço de correio eletrónico. A Câmara Municipal de Sobral de Monte Agraço assume que os dados foram fornecidos pelo titular dos mesmos ou que este deu autorização para o efeito e presume que os mesmos são verdadeiros e se encontram atualizados.

De que forma são recolhidos os seus dados?
Os dados pessoais podem ser recolhidos através dos seguintes meios:
Os dados recolhidos são processados e armazenados informaticamente e no estrito cumprimento da legislação de proteção de dados pessoais sendo armazenados em base de dados específicas, criadas para o efeito, pela Câmara Municipal de Sobral de Monte Agraço ou pelas entidades por esta subcontratadas.
Alguns dados pessoais recolhidos no website são de preenchimento obrigatório e, em caso de falta ou insuficiência desses dados, a Câmara Municipal de Sobral de Monte Agraço poderá não conseguir prestar-lhe os serviços ou as informações por si solicitadas. Em cada caso concreto, a Câmara Municipal de Sobral de Monte Agraço informá-lo-á da natureza obrigatória do fornecimento dos dados pessoais em causa.
Para a prossecução das finalidades acima identificadas a Câmara Municipal de Sobral de Monte Agraço poderá proceder à interconexão dos dados recolhidos, com o propósito de atualizar e completar tais dados.

TRANSFERÊNCIA DE DADOS:
A Câmara Municipal de Sobral de Monte Agraço não tranfere os seus dados.
Em momento algum vendemos os seus dados!

PERÍODO DE CONSERVAÇÃO DOS DADOS:
Salvo indicação em contrário ou por motivos legais, os dados recolhidos apenas são conservados pelo período estritamente necessário à prossecução das finalidades do tratamento, garantindo-se o seu apagamento logo que cessada a finalidade.

OS DIREITOS QUE LHE ASSISTEM:

Em que consiste o direito de acesso?
O direito de acesso permite-lhe saber se os seus dados estão ou não a ser tratados e em caso afirmativo, prestar-lhe informações como, por exemplo, os fins de tratamento, as categorias dos dados que são tratados, os destinatários aos quais foram ou serão comunicados, o prazo previsto da conservação dos dados pessoais ou, caso não seja possível, os critérios utilizados para determinar este prazo. A Câmara Municipal de Sobral de Monte Agraço compromete-se a prestar-lhe todas as informações relativas ao seu pedido no prazo de um mês, que poderá ser prolongado em função da complexidade do pedido. Nos casos em que os pedidos se revelem excessivos ou manifestamente infundados, a Câmara Municipal de Sobral de Monte Agraço reserva-se o direito de imputar custos administrativos para tratamento do seu pedido. Poderá exercer o seu direito através dos contactos da Câmara Municipal de Sobral de Monte Agraço.

E o direito à retificação?
O direito retificação dos seus dados pessoais caracteriza-se por solicitar a correção e/ou atualização dos seus dados quando se encontrem incorretos e/ou desatualizados. Poderá exercer o seu direito através dos contactos da Câmara Municipal de Sobral de Monte Agraço.

Em que consiste o direito à limitação do tratamento?
O direito à limitação do tratamento permite-lhe solicitar a restrição do tratamento dos seus dados pessoais. Neste caso o Responsável pelo Tratamento pode proceder ao armazenamento dos dados, mas não os pode utilizar. Este direito apenas pode ser exercido em determinadas situações, taxativamente elencadas no Regulamento Geral de Proteção de Dados, a saber:
Poderá exercer o seu direito através dos contactos da Câmara Municipal de Sobral de Monte Agraço.

Em que consiste o direito à portabilidade?
O direito à portabilidade permite-lhe solicitar à Câmara Municipal de Sobral de Monte Agraço que os seus dados pessoais sejam transferidos para si ou para outro responsável pelo tratamento. Este direito depende de três condições: Poderá exercer o seu direito através dos contactos da Câmara Municipal de Sobral de Monte Agraço..

Em que consiste o direito ao apagamento?
O direito ao apagamento, ou direito a ser esquecido, permite-lhe que, em determinadas situações, possa exigir que os seus dados sejam eliminados. Este não é um direito absoluto e apenas poderá ser exercido nos casos em que a conservação dos dados pessoais viole o regulamento, designadamente: O direito ao apagamento não poderá ter lugar nos casos em que esteja em causa o exercício do direito à liberdade de expressão e informação, bem como nos casos em que seja necessário para o cumprimento de uma obrigação legal, ou para fins de investigação científica ou histórica ou fins estatísticos e ainda para o exercício do direito de defesa e de formulação de reclamações junto das autoridades competentes.

Em que consiste o direito de oposição?
Poderá exercer o direito de oposição ao tratamento para fins de marketing, exceto nos casos em que entendamos que existem motivos legítimos imperativos para que o tratamento prevaleça sobre os seus interesses, direitos e liberdades. Poderá exercer este direito mediante a utilização da opção “remover”, referida em todas as nossas comunicações. Este direito pode igualmente ser exercido nos casos em que pretenda opor-se à criação de perfis – profiling. Poderá exercer o seu direito através dos contactos da Câmara Municipal de Sobral de Monte Agraço.

Em que consiste o direito a retirar o consentimento?
Nos casos em que tenha dado o seu consentimento para o tratamento de dados pela Câmara Municipal de Sobral de Monte Agraço, poderá, em qualquer momento, revogar o consentimento anteriormente dado. Não obstante a retirada do consentimento, todo e qualquer tratamento que tenha sido efetuado em momento anterior à revogação do consentimento considera-se lícito, produzindo a revogação apenas efeitos futuros. Poderá exercer o seu direito através dos contactos da Câmara Municipal de Sobral de Monte Agraço.

EXERCÍCIO DE DIREITOS
Todos os direitos enunciados poderão ser exercidos de forma gratuita para o e-mail rgpd@cm-sobral.pt. Informamos ainda que lhe assiste o direito de apresentar uma reclamação perante a autoridade de controlo competente, especialmente quando, junto do responsável pelo tratamento, não tenha obtido satisfação no exercício dos seus direitos.

CONFIDENCIALIDADE
A Câmara Municipal de Sobral de Monte Agraço garante que toda a informação que nos presta é considerada confidencial. A Câmara Municipal de Sobral de Monte Agraço não vende, distribui, ou procede a qualquer tipo de negócio com a informação e os dados pessoais que nos são por si disponibilizados.

Alterações à Política de Privacidade
A Câmara Municipal de Sobral de Monte Agraço reserva-se o direito de, a qualquer altura, proceder a reajustamentos ou alterações à presente Política de Privacidade, sendo essas alterações devidamente publicitadas neste site.



Política de cookies

A leitura desta política é importante, pois ao continuar a navegar no nosso website concorda com o uso de cookies no seu browser e dispositivos utilizados, exceto se os tiver desativado.

O que são cookies
Os cookies são pequenos ficheiros de texto com informação relevante que o seu dispositivo de acesso (computador, telemóvel/smartphone ou tablet) carrega, através do navegador de internet (browser), quando um site é visitado pelo utilizador. Saiba mais sobre cookies em: AllAboutCookies.org. Estes ficheiros permitem que durante um certo período de tempo o site se «lembre» das suas ações e preferências. Os cookies utilizados não recolhem informação que identifica o utilizador, recolhem informações genéricas, designadamente a forma como os utilizadores chegam e utilizam os sites ou a zona do país/países através do qual acedem ao site, etc. É por isso que quando percorre as páginas de um site ou regressa a um site que já visitou não tem, em princípio, de voltar a indicar as suas preferências ou introduzir repetidamente as mesmas informações.

Que tipo de cookies utilizamos
Cookies essenciais ou de sessão: Alguns cookies são essenciais para aceder a áreas específicas do nosso site. Estes são necessários para algumas áreas do site funcionarem, mas não são utilizados de forma alguma para o identificar pessoalmente. Os cookies de sessão são temporários e são automaticamente eliminados uma vez que saia do site. Estes cookies não podem ser desativados, pois são essenciais ao bom funcionamento do site.

Cookies de funcionalidade: Utilizamos estes cookies para nos permitir relembrar as preferências do utilizador. Por exemplo, os cookies evitam digitar o nome do utilizador cada vez que este acede ao site. Não são necessários para que o site funcione, mas podem melhorar a experiência do cliente. Não armazenamos quaisquer dados pessoais nestes cookies.

Cookies analíticos / desempenho: Utilizamos estes cookies para analisar a forma como os utilizadores usam o site e monitorizar a performance deste. Por exemplo, permitem-nos saber quais as páginas mais populares, qual o método de ligação entre páginas que é mais eficaz, ou determinar a razão de algumas páginas estarem a receber mensagens de erro. Estes cookies são utilizados apenas para efeitos de criação e análise estatística, sem nunca recolher informação de caráter pessoal.

Cookies que enviam informação para outras empresas: São cookies configurados no nosso website por uma empresa parceira (ex: Facebook ou anunciantes). Estas empresas podem utilizar os dados recolhidos destes cookies para anonimamente direcionar publicidade para si noutro website, tendo em conta a sua visita ao nosso website. Por exemplo, se usar uma ferramenta de uma rede social (ex: “Gosto” ou “Partilha” do Facebook) neste website, este cookie irá registar a utilização dessa ferramenta e a rede social (Facebook, neste caso) poderá recolher esta informação.

ATENÇÃO: Ao desabilitar cookies algumas funcionalidades poderão não estar disponíveis.

Como controlar as cookies
O utilizador pode, a qualquer momento e através do seu navegador de internet (browser), decidir ser notificado sobre a receção de cookies, bem como bloquear a respetiva entrada no seu sistema. Salienta-se, no entanto, que com a recusa de uso de cookies corre o risco de desativar determinados serviços e funcionalidades do site. Para mais informação para controlo e/ou apagar os cookies consultar a ajuda do seu browser ou AllAboutCookies.org

Fechar